Home / Uncategorized / Estresse, poluição e falta de sono podem piorar a acne.
acne

Estresse, poluição e falta de sono podem piorar a acne.

Estresse, poluição e falta de sono podem piorar a acne

Estresse, poluição e falta de sono podem piorar a acne

Quem nunca caiu na tentação de espremer uma espinha mesmo sabendo que não pode? Além de machucar a pele, espremer a espinha pode também provocar infecções.

A acne é uma doença da glândula sebácea, que passa a produzir mais sebo. Ele deixa um ambiente mais favorável à contaminação pelas bactérias presentes na pele e a acne se forma. O problema pode ser pontual e desaparecer após a adolescência, aparecendo só em situações específicas, ou persistir na fase adulta. Em alguns casos, a acne é tratada com medicação oral ou antibiótico.

Alguns alimentos de alto índice glicêmico podem piorar a acne. Isso porque eles causam um pico de insulina no sangue, que ativa a produção de sebo, aumentando a acne. Quem tem tendência à acne deve evitar abacaxi, banana, manga, papaia, melancia, milho, arroz, massas de farinha branca, pão branco, batata, bolos, sorvetes e doces.

Mitos e verdades. O que piora a acne?

Estresse? Verdade! Em alguns casos, a acne pode aparecer somente por causa do estresse.

Falta de sono? Verdade! O mecanismo é o mesmo do estresse.

Chocolate piora a acne por causa da gordura? Mito! Ele piora porque é um alimento com alto índice glicêmico e não por causa da gordura.

E o suor? Mito! Se uma pessoa sente uma piora da acne após a atividade física, pode desconfiar que a causa seja o consumo de suplementos alimentares derivados de proteína. O suor é produzido pela glândula sudorípara. O sebo é produzido pela glândula sebácea. Não existe relação.

Poluição? Verdade! As micropartículas de poluição agem no receptor da glândula sebácea causando um processo inflamatório e a poluição modifica a qualidade do sebo, piorando a inflamação.

A limpeza da pele com acne deve ser feita com soluções micelares no máximo duas vezes ao dia. Quem tem pele oleosa deve usar hidratante e protetor solar indicado para o tipo de pele.

Áreas mais afetadas

Quais fatores podem desencadear a Acne?
ns
A acne é mais comum durante a adolescência, isso é fato! – porém, essas inflamações em forma de espinhas podem acontecer em qualquer idade.

Na adolescência, sabemos que são normalmente desencadeadas pelo aumento do nível hormonal e o estímulo das glândulas sebáceas.

A secreção dessas glândulas, juntamente com células mortas, atravessa os folículos pilosos (orifícios de onde saem os pelos) e acaba eliminada, porém se a produção é excessiva, acaba entupindo os poros e aí podem atrair bactérias como a Proprionibacterium acnes.

Esse microorganismo libera substâncias tóxicas que irritam a pele. Para barrá-lo, células de defesa são recrutadas e desencadeiam uma reação inflamatória. O resultado é visto no espelho: formam-se cravos, que podem aumentar de volume e ganhar coloração avermelhada — casos mais graves podem se tornar abscessos com pus.

Alguns fatores podem piorar o problema, são eles: poluição (micropartículas podem atuar no receptor das glândulas sebáceas, piorando a irritação; estresse e falta de sono podem desencadear a acne; a alimentação desequilibrada também pode contribuir para esse problema).

Conheça os melhores tratamentos para combater a acne

É fundamental o acompanhamento de um especialista para, seguindo uma orientação adequada e completa sobre os tratamentos adequados, poder combater essa situação com tranquilidade e eficiência, porem alguns cuidados pode ajudar.

1 – Alimentação, hormônios ou idade

Quem tem acne, já ouviu todo o tipo de conselho na hora combatê-la. Por isso, o jornal Daily Mail reuniu alguns especialistas de pele para tirar as dúvidas na hora de tratar ou prevenir cravos e espinhas.

“Semelhante a qualquer condição médica, quanto mais cedo a acne for tratada, mais fácil para curá-la. Há muitos tratamentos eficazes”, garante o dermatologista Tapan Patel, da Clínica de Acne do Reino Unido. Confira a seguir.

2- Beba água

A pele pode ser comparada a uma esponja. Quando seca, fica dura, enrugada e contraída. Ao contrário, quando molhada, se expande, a falta de água faz a pele se contrair, assim como consumo de álcool e cafeína. A aparência dos poros tem ligação direta com a hidratação da pele. A pele que recebeu água possui poros flexíveis, que conseguem eliminar naturalmente o óleo secretado e volta a se fechar, deixando a pele lisa, a falta de hidratação aumenta as chances de desenvolver espinhas, acne ou cravos, por isso a água é importante.

3- O poder dos anticoncepcionais

Pílulas anticoncepcionais podem ser benéficas para a pele de algumas mulheres e, em boa parte dos casos, são tão eficientes quando antibióticos no combate a acne, pois impedem a testosterona de estimular as glândulas sebáceas.

4- Consuma Vitamina A

Se você sofre com acne, vale a pena conversar com o seu médico sobre os medicamentos que contém vitamina A, já que eles diminuem o excesso de células mortas da pele.
A vitamina A acelera as taxas de rotatividade de células, esfolia a pele e diminui o acúmulo de células mortas dentro do folículo, reduzindo a formação de acne.

5- Tratamentos a laser

Em casos de acne leve e moderada, tratamentos a lazer que diminuem as manchas com um pequeno impulso elétrico, também podem ajudar. As bactérias da acne produzem substâncias químicas chamadas porfirinas. Quando o laser é aplicado em um determinado poro, as bactérias são destruídas.

6 – Antibióticos ainda funcionam

Converse com seu médico. Em alguns casos, a solução ainda está nos antibióticos. A tetraciclina, eritromicina, limeciclina e trimetoprim, em forma de comprimido, ainda tem um papel a desempenhar. Já antibióticos como a clindamicina estão disponíveis em loção ou gel.

O tratamento da acne é certamente uma tarefa que exige dedicação, mas mais importante requer uma abordagem total ao seu corpo. Você tem que tratar a doença tanto dentro como fora. Embora existam métodos que levem à sua diminuição ou extinção, não existe uma cura específica, pois a acne não é uma doença específica. Sendo uma doença com base em outros eventos, a sua cura tem ramificações, daí a existência de metodologias.

Por ser uma doença muito comum, existe uma grande demora pela procura de tratamento, o que pode dificultar no resultado deixando cicatrizes indeléveis. Com isso há maiores chances de afetar psicologicamente esse paciente levando a uma baixa autoestima grave. Não se devem desconsiderar os efeitos psicológicos que acne pode causar nos indivíduos, sendo de extrema importância, um contínuo acompanhamento profissional do paciente.

A acne tem tratamento. Deve-se analisar o quadro do paciente e descobrir a causa. O tratamento precisa ser iniciado o mais rápido possível, evitando cicatrizes graves e irreversíveis. É demorado e exige total adesão do paciente, o que deve ser esclarecido ao mesmo, para que uma possível decepção no atraso de uma melhora significante, não leve ao abandono do tratamento.

Visite nossa loja e conheça nossos produtos

Conheça também nosso Facebook

 

Leia também...

Alguns Erros que Acabam com a Beleza e Saúde dos Cabelos

Alguns Erros que Acabam com a Beleza e Saúde dos Cabelos Alguns Erros que Acabam …

família bike

Benefícios de Andar de Bicicleta Para Boa Forma e Saúde

Benefícios de Andar de Bicicleta Para Boa Forma e Saúde Benefícios de Andar de Bicicleta …

saúde-dos-pés

Saúde dos Pés Previne Dores e Problemas Futuros

Saúde dos Pés Previne Dores e Problemas Futuros Saúde dos Pés Previne Dores e Problemas …

um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *