Home / Uncategorized / Tempo Seco Agravam as Doenças de Inverno
tempo seco

Tempo Seco Agravam as Doenças de Inverno

Tempo Seco Agravam as Doenças de Inverno

Tempo Seco Agravam as Doenças de Inverno

No inverno o tempo seco se instala em todo o território brasileiro. Isso ocorre por uma massa de ar que bloqueia a chegada da umidade, causando a falta de chuva.

A umidade ideal para a saúde é de 40% a 60%. Abaixo disso, já afeta a comunidade com complicações alérgicas e respiratórias, sangramento pelo nariz, ressecamento da pele, irritação dos olhos e aumento de incêndios.

Dor de cabeça, coriza, febre, dificuldade para respirar. Sintomas de doenças comuns no inverno. Com a mudança de temperatura e da umidade do ar, o corpo humano sofre as consequências de gripes e resfriados. A pele também fica mais vulnerável.

De acordo com os médicos, o organismo humano tem o funcionamento alterado com as baixas temperaturas, por isso a maioria sofre com as doenças de inverno. Além disso, a baixa umidade no ar compromete o sistema imunológico. Com a porta de entrada do corpo desprotegida, as principais ameaças são o resfriado, a gripe e a pneumonia. Entre as doenças crônicas e com origem alérgica, há a rinite e a sinusite.

A saúde do sistema respiratório deve começar com uma higienização correta do nariz, que deve ser lavado com soro fisiológico. Fique atento ao uso de descongestionantes, que podem causar hipertensão e até dependência.

Dicas para Prevenção

A prevenção tem dicas simples para os dias de baixa umidade e frio. Mantenha os ambientes umidificados com pano úmido ou bacia com água; limpe cortinas e tapetes; abra as janelas para a entrada da luz do sol; inclua alimentos ricos em vitamina C na dieta; e beba bastante água.

O tempo frio também é um grande inimigo da pele e dos cabelos. Segundo dermatologistas, banhos quentes e demorados torna a pele mais vulnerável a coceiras e alergias, além de provocar caspa. Para os dias frios, a dica é usar sabonetes compostos de detergentes sintéticos com índices de pH entre 5,5 e 7. Durante o banho, evite o uso de buchas e loções tônicas. E após a higiene, use cremes hidratantes.

Enfrente o clima seco com seis medidas simples

Para além dos problemas respiratórios, o tempo seco pode causar dores de cabeça, irritações nos olhos, nariz, garganta e pele. A garganta pode ficar seca, a voz rouca, inclusive com possibilidade de inflamação na faringe. Por isso, alguns cuidados são fundamentais para atravessar o clima seco com a saúde em plena forma. Basta seguir alguns cuidados simples que deixam o corpo livre dessas reações incômodas. Confira:

Beba bastante água

Com a baixa umidade do ar, o cuidado mais básico e que deve ser feitos por todos – em especial idosos e crianças -, é hidratar o corpo com bastante água mineral. “A hidratação pode ser feita também com os sucos de fruta naturais, água de coco, verduras e frutas suculentas”, ensina a alergista Marta Guidacci. Além disso, também é recomendado evitar o consumo de fast-food.

Mantenha a casa limpa

Quanto mais seco o clima, mais ácaros e fungos aparecem. Por isso, o acúmulo de poeira pode desencadear as doenças respiratórias. É muito importante, em especial quando o clima estiver seco, manter a higiene doméstica em dia. Passar um pano úmido no piso e móveis afasta a poeira e protege a saúde.

Deixe o sono mais fresquinho

Deixe o sono mais fresquinho: As dicas da Secretaria do Estado para uma noite de sono tranquila é dormir em local arejado e umedecido. Os ambientes podem ser umidificados com toalhas molhadas, reservatórios de água e até umidificadores.

Lubrifique os olhos

Para evitar a secura e a irritação do olhos, o soro fisiológico é uma ótima opção. Use colírios apenas com a prescrição de um especialista

Cuide da pele

Outra dica que garante a saúde e a beleza da sua pele nos dias de baixa umidade do ar é apostar em cremes hidratantes. Para deixar a pele bonita, é preciso lambuzar o corpo com hidratantes e filtros solares, evitar banhos quentes, demorados, além do uso de sabonetes em barra, que são mais agressivos, e buchas.

Esporte na hora certa

A prática de esportes também merece atenção especial no tempo seco. O corpo se cansa mais facilmente, a garganta passa a arranhar e os olhos ficam irritados com facilidade. “É recomendado que os exercícios físicos sejam feitos nas primeiras horas da manhã, no final da tarde ou à noite, quando o clima seco não incomoda tanto”, diz Rafael Ollita, professor da academia Top Spin & Big Ball.

Natação, hidroginástica e os demais esportes na água são uma boa alternativa se o ar pesado estiver incomodando. Os exercícios aquáticos são os mais recomendados nesta situação, pois em um ambiente de piscina, a umidade do ar tende a ser maior do que em locais abertos, o que diminui essa constante agressão causada pela poluição ao sistema respiratório.

Conheça nosso site e adquira já nossos produtos.

www.natumaster.com.br

Leia também...

Alguns Erros que Acabam com a Beleza e Saúde dos Cabelos

Alguns Erros que Acabam com a Beleza e Saúde dos Cabelos Alguns Erros que Acabam …

saúde-dos-pés

Saúde dos Pés Previne Dores e Problemas Futuros

Saúde dos Pés Previne Dores e Problemas Futuros Saúde dos Pés Previne Dores e Problemas …

Yoga

A saúde física se conecta com a saúde emocional

A saúde física se conecta com a saúde emocional A saúde física se conecta com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *